Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘bancários’ Category

endereçoUm importante seguidor deste humilde blog, que também foi bancário por longos 31 anos, conseguiu através de um grupo de amigos e colegas, obter uma reposta do Banco Central a respeito do endereço do Delta Bank, um banco estrangeiro que fazia parte do Grupo do Banco Real (antigo)  atual Santander e que atua pesadamente no Brasil há muitos anos na área de private banking interncional.

Por vários anos trabalhei simultaneamente para o Banco Real,Delta Bank,Banque Real de Cote D´Ivoire S.A,Banco Real Bolívia,Banco Real Chile,Real Bolívia de Seguros,Real Chilena de Seguros,banco Real del Paraguai (este só como membro do Conselho).

Em 1994 me transferiram para trabalhar diretamente em Miami para este Banco americano-brasileiro onde permaneci,contra a minha vontade,por 1 ano e alguns meses. Nesse meio tempo foi feita aquela famosa simulação de rescisão de contrato pelo Banco Real a mando do Delta Bank e que é hoje objeto do processo 01521 20040140600 já com decisão a meu favor por unanimidade do TRT e agora do TST em seu acórdão já disponível para consulta.

O que diz o Banco Central na resposta aos meus ilustres bancários e amigos  leitores do blog?

Diz que  oficialmente não existe no Brasil uma instituição financeira autorizada a operar aqui com o nome de Delta Bank.

Por outro lado o Banco Central não recomenda aos brasileiros operar com Bancos desconhecidos que veículam propaganda em sites,jornais,revistas,etc.

Mas que trem é esse gente?

O Brasil inteiro sabe e estou seguro que o Banco Central também que o Delta Bank atua aqui no Brasil e 95% dos seus clientes são brasileiros, a maioria dos quais conquistados pela rede de Agências do Banco Real (antigo) desde sua fundação no início dos anos 80.

Há vários artigos na imprensa sôbre isso e quem quiser pode pesquisar pelo Google. Este Banco  do Grupo do Banco Real (antigo) foi citado em várias CPIs que investigaram o Banestado, a CBF (aquele famosérrimo empréstimo cuja diferença de juros ninguém sabe ninguém viu prá onde foi), CC5, Opportunity etc.

Mas que estão aqui estão…e continuam operando fortemente aqui…nas barbas do Banco Central… qui comme toujours ne sais rien…rien de rien…

Uai…mas nós precisamos saber uai…

De que forma estão instalados aqui? Como uma empresa prestadora de serviços?Onde?Tem telefone?Seus funcionários daqui são pagos em dólares ou em Reais? Se em Reais são declarados ao fisco? Ao INSS? Ao FGTS?Estão registrados?Como o que?

Saiba mais do Delta Bank em português acesando aqui:www.deltabank.net

O Banco Central poderia ter lido a reportagem da revista Isto é Dinheiro abaixo.

del

O da foto foi meu Presidente.

Vejam abaixo a resposta em vermelho do Banco Central do Brasil:

“Prezado Senhor

Informamos que não existe instituição autorizada a funcionar no Brasil pelo Banco Central do Brasil com o nome Delta Bank.. Acrescente-se que a relação dos representantes de instituições estrangeiras no Brasil pode ser encontrada em nosso site pelo caminho “Sistema Financeiro Nacional > Informações cadastrais e contábeis > Informações cadastrais > Instituições estrangeiras no Brasil “.

Vale ressaltar que recomendamos aos cidadãos que procurem sempre uma instituição financeira autorizada e fiscalizada pelo Banco Central, evitando fazer empréstimos com empresas desconhecidas que veiculam anúncios em jornais, internet ou outros meios de comunicação. Não se deve fazer empréstimos com empresas que condicionam a liberação do dinheiro a depósitos iniciais, oferecendo supostas facilidades e vantagens.

A relação das instituições autorizadas está disponível em nossa página em “Sistema Financeiro Nacional > Informações cadastrais e contábeis > Informações cadastrais”, consultando a opção “Relação de instituições em funcionamento no país (transferência de arquivos)” ou a opção “Cadastro de instituições (endereço, diretores, redes de agência, dados do conglomerado, carteiras, tarifas, etc)“.

Para outras instituições financeiras, solicitamos informar razão social e/ou CNPJ, para que possamos efetuar a pesquisa em nosso cadastro.

Para novos contatos, favor utilizar o formulário do serviço “Fale conosco”  em nosso site. Clique aqui ou copie o seguinte endereço em seu navegador – http://www.bcb.gov.br/?FALECONOSCO

Atenciosamente,

http://www.bcb.gov.br/img/bc_marca.gif
http://www.bcb.gov.br/img/transp.gif
http://www.bcb.gov.br/img/transp.gif Secretaria de Relações Institucionais
http://www.bcb.gov.br/img/transp.gifDivisão de Atendimento ao Publico
http://www.bcb.gov.br/img/transp..gifTel.:0800-9792345

lmqo


Read Full Post »

clique na imagem para ampliar.
tst

Read Full Post »

Paulo Muzzolon
do Agora

Quem recebe uma pensão do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) de um segurado que havia ganho uma ação trabalhista pode conseguir um reajuste. É que, se o processo da Justiça do Trabalho rendeu um salário maior ao segurado, esse aumento deveria ter sido contado no cálculo da pensão.

  • Veja como conseguir o reajuste na edição impressa do Agora, nas bancas neste sábado, 12 de setembro

A decisão é do TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), publicada neste mês no “Diário Oficial” de Justiça.

No caso da ação, a pensionista pedia a incorporação, em sua pensão, dos ganhos da ação trabalhista de seu marido, que já morreu.

Quando alguém ganha uma ação de reconhecimento de vínculo trabalhista, aumento salarial, pagamento de horas extras ou adicional de insalubridade, por exemplo, essa grana extra –ou o tempo de trabalho– deve ser computado para fins previdenciários.

Se o segurado ganhou uma ação dessas, mas não teve o tempo ou as contribuições a mais computadas para fins previdenciários automaticamente –quando o INSS não é parte do processo–, deve pedir, em um posto do instituto, que essa contagem seja feita.

O mesmo vale para quem é pensionista. Segundo o advogado Edson Machado Filgueiras Jr., quando o segurado morre antes de a ação trabalhista terminar, o dependente tem tanto o direito de receber o dinheiro da empresa após o julgamento do processo quanto o de ter o aumento correspondente na pensão.

“A pensão equivale ao valor que o segurado poderia receber se estivesse vivo. Assim, qualquer aumento que poderia haver no benefício deve refletir na pensão”, afirma.

Sem o INSS
Na decisão, o TRF 3 entendeu que a grana deveria ser paga, apesar de o INSS não fazer parte do processo trabalhista e de a empresa não ter feito o recolhimento das contribuições. Segundo a Justiça, é responsabilidade da empresa, e não do funcionário, fazer esse recolhimento, e cabe ao INSS fiscalizá-lo.

A pensionista tem um prazo de dez anos, contados a partir do recebimento do benefício, para pedir o reajuste com base na ação trabalhista.Primeiro, o pedido deve ser feito no INSS. Se o órgão negar, é possível entrar com uma ação.

Na Justiça, para os benefícios concedidos antes de dezembro de 1998, não há prazo para entrar com o pedido de revisão.

O Ministério da Previdência Social não comenta processos judiciais de revisão, mas há recurso na maioria dos casos.

O trabalhador pode entrar com uma ação trabalhista até dois anos após deixar a empresa.

Read Full Post »

O Presidente Lula criticou a forma como se deu a privatização dos Bancos estaduais durante o Governo do Farol de Alexandria Fernando Henrique Cardoso que por muito pouco não vendeu também a Petrobrás. No governo deste invejoso Presidente até o nome da empresa  queriam mudar para Petrobrax.
O DSG online tinha muita vontade de ver o FHC no meio da multidão lá no Nordeste. Duvidamos que ele faça isso pois a turma do PSDB não gosta muito do povão e prefere os engravatados e engomadinhos como o Daniel Dantas que segundo dizem anda lavando dinheiro com fazendas no estado do Pará.Nas palavras de FHC ele é “brilhante”.
Mas o que é importante destacar é que os Bancos estaduais foram vendidos a preço de banana nanica. Só o Bandepe tinha benefícios fiscais superior a 5 vezes o valor de compra em leilão e tais benefícios continuam sendo usados pelo grupo para não pagar ou reduzir pagamento de tributos no Brasil.
O que é isso? Grande parte são dívidas não pagas por usineiros nordestinos,politicos pernambucanos,empresas financiadas pela Sudene,apadrinhados, e que foram jogadas para créditos em liquidação e provisionadas pelo Governo federal antes da venda.
Porque o Bandepe ainda existe oficialmente inclusive com Diretoria estatutária vigente,apesar de não ter mais nenhuma Agência aberta? Os fiscais da Receita Federal e o Banco Central deveriam investigar isso.Afinal trata-se de um grupo multinacional que conta com os maiores especialistas em encontrar fórmulas para reduzir pagamento de impostos.
Mas deste Banco Central não se pode esperar grande coisa. É sabido que Diretores deste órgão fiscalizador quando vão prá Brasilia já tem emprego garantido nos grandes Bancos.Outros já saem como Banqueiros.
E haja informações privilegiadas circulando…circulando…circulando.
No caso do Banespa,Banerj,Bemge,Baneb e outros a situação não é diferente. Os Bancos aproveitaram da avaliação mal feita de forma intencional no momento da aquisição e continuam usando os créditos pôdres  da época para sugar ainda mais o Brasil pagando menos impostos.
Quanta gente foi prejudicada. Vejam o caso dos aposentados do Banespa que lutam pelos seus direitos adquiridos  e esperam contar com a ajuda de todos, mas principalmente dos políticos e em especial do Presidente Lula para o restabelecimento dos mesmos. Veja o que diz um dos aposentados que trava uma incansável luta em pról dos aposentados:
“Nossa força é limitada à justiça e a algum empenho político isolado.Quando for conveniente e o Sr. Presidente quiser, ele, com o inegável prestígio político internacional que possui, pelo seu passado de luta sindical, pode transformar o discurso em ação. A privatização não foi “a troco de nada”. Foi a troco da liberação dos títulos da Res.118 ao Santander,foi a troco de nossos direitos adquiridos,foi a troco de nossa dignidade.O aspecto político e comercial foi abordado, porém o aspecto humano precisa ser lembrado, e esta é uma grande chance para que os colegas e entidades que o apoiam busquem este importantíssimo apoio”.
O DSG online é um espaço aberto para a luta de todos os aposentados dos Bancos estaduais privatizados.

Read Full Post »

Os 450 mil bancários do país, uma das principais categorias profissionais em campanha salarial, querem reajuste de 10% nos salários e participação nos lucros e resultados (PLR) de três salários nominais mais R$ 3,850 fixos.
A pauta foi definida no último domingo em congresso que reuniu 640 representantes da categoria no país.
Luiz Marcolino, presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo (CUT), diz que os lucros bancos justificam o pedido de 10% de reajuste (o que inclui 5% de aumento real). “Apesar de o lucro dos bancos ter queda no primeiro trimestre, a expectativa é que de abril a junho já houve recuperação. Isso porque os bancos também voltaram a ampliar o crédito. E até o final do ano a tendência é de crescimento nos lucros”, afirma o sindicalista.

Read Full Post »

Aos meus ex-colegas expatriados que continuam na ativa nos paises citados acima trabalhando para o Delta Bank ou outra empresa do Grupo do Banco Real à época, inclusive naquela famosa fábrica de Guaraná Samba que era administrada pelo competente ideólogo.

Dizem que os americanos não gostaram do Guaraná Samba pois era muito doce. Faz sentido.

Lembrem-se que quem transferiu vocês para o exterior foi o Banco Real S.A do Brasil atualmente Banco Santander S.A e provávelmente existem direitos que foram usurpados quando passaram vocês para o Delta Bank.

Sugiro a todos que procurem ver, junto ao INSS e à CEF a situação de suas contribuições,saldos e sobretudo tempo de contribuição. É quase certo que vocês irão constatar que recolhimentos não foram efetuados como previsto no regulamento de transferência para o exterior.

O ideal é que cada um saiba sua situação para futura aposentadoria e procurem seus direitos na justiça, antes que seja tarde. Mas é claro que existem outras considerações quando se está ainda empregado…

Documentem-se.

Seus dois chefes quando, com informações privilegiadas,sairam do Banco Real para o Delta Bank foram indenizados pelo Grupo em dólares americanos e nem imposto pagaram no Brasil. Tudo foi considerado nas indenizações pagas.

Aliás foram os dois únicos que receberam indenizações o que configurou tratamento diferenciado e especial,notado inclusive pelos auditores externos.

Em breve posso publicar a cópia integral dos pagamentos efetuados pois ví com meus olhos a autorização dada e a provisão efetuada poucos dias antes da transferência do contrôle acionário para o AbnAmro.

Leiam os posts sôbre a nova lei aprovada pelo Governo do Presidente Lula .

Read Full Post »

Este blog vem falando dos direitos dos expatriados há mais de 6 anos.Escrevi cartas para Deus e o mundo.Denunciei o Banco Real e o Delta Bank para todos os Senadores,Deputados,Ministros e outras autoridades. Todos os meses mandei cartas e mais cartas.

O Banco Real porque é o Banco que mais desrespeitou os direitos trabalhistas dos brasileiros transferidos para o exterior e o Delta Bank por tentar camuflar a situação dos expatriados mediante a simulação de rescisão contratual CLT dos funcionários do Real que exerciam funções naquele Banco dito americano, que tem 95% de seus clientes no Brasil e ainda assim não possui endereço oficial por aqui.

Se eu vou morar num país e não tenho endereço só posso ser considerado um clandestino. Na minha opinião é o caso do Delta Bank. Ou alguém sabe onde ele fica no Brasil?

Nos últimos 6 anos, ao risco de ser chato e de ter apenas um leitor- no caso eu mesmo, denuncio o comportamento dos Bancos brasileiros, inclusive o Banco do Brasil, que só regulariza a situação dos expatriados muitos anos depois e tão somente na justiça trabalhista.

Ganham rios de dinheiro com altas taxas de juros e tarifas e com o “tempo injusto” da justiça brasileira. Tudo é válido para postergar uma decisão definitiva.

Recebi, durante os últimos 5 anos, várias manifestações de apoio de alguns poiliticos e notadamente do Senador Cristovam que me afirmava ter um projeto de lei neste sentido.

Hoje quero dar parabéns ao Ministro Lupi e ao Presidente Lula que fizeram aprovar a mudança na lei objetivando a proteção de todos os expatriados brasileiros.

O blog meu é um simples blog…mas será usado sempre que for necessário para falar dos direitos negados aos bancários da ativa e aposentados.

O Presidente Lula e o Ministro Lupi só podem merecer o aplauso deste humilde blog pela atualização da lei 7.064 que garante os direitos dos expatriados, notadamente os previdenciários.

Lei assinada no dia 03 de julho de 2009.

Read Full Post »