Feeds:
Posts
Comentários

Archive for dezembro \28\UTC 2009

Aqui jaz Serra e o PIG

Postado

Anúncios

Read Full Post »


Leandro Kleber, Contas Abertas

“O suposto esquema de pagamento de propinas envolvendo membros do Executivo e Legislativo do Distrito Federal é uma prática que ocorre, neste momento, em outros lugares do país, porque o problema central está na apropriação do orçamento público para fazer negócios privados. Essa constatação é do experiente cientista político de Brasília Antônio Flávio Testa, que em entrevista ao Contas Abertas ainda afirmou que os deputados da Câmara Legislativa do DF, salvo “muito poucas exceções, apresentam uma performance política e ética muito aquém do mínimo aceitável numa democracia”. “É difícil avaliar a atuação de políticos que se corrompem e utilizam meias para guardar dinheiro de propina e justificam esse ato como se fosse para preservar sua integridade física”, diz. “Esse tipo de político [que fez a ‘oração da propina’], desprovido de qualquer dosagem de escrúpulo, de ética, de senso crítico, deveria ser banido do sistema político e do religioso. Pois desonram, com essas práticas, tanto o Parlamento como o tabernáculo, que lhe dá sustentação eleitoral. Os péssimos exemplos são muitos. As boas ações ainda são invisíveis, se é que existem”, avalia. Segundo Testa, o sistema de governo no país está bem corrompido. “Mensalões são usuais na prática política brasileira. No Brasil, política é a disputa entre grupos privados pelo controle do patrimônio público. Se puxar o fio de meada, com transparência, o efeito será de um dominó caindo sobre o outro. Um tsunami político”, acredita.
CA – Como o senhor avalia essa crise pela qual passa os poderes Executivo e Legislativo do Distrito Federal, respingando um pouco ainda no Ministério Público?
Testa – A relação entre os Três Poderes revela uma articulação para fazer prevalecer interesses de grupos que estão no comando desses poderes, sobretudo do Executivo e do Legislativo, mas supervisionados pelo Judiciário. Na prática, ocorre a captura desses poderes por grupos que se revezam no comando das máquinas de governo, executiva e legislativa, com aliados poderosos no Judiciário. Isso leva a uma lógica funcional que impede a fiscalização mútua entre os Três Poderes. Acontece o contrário: um tipo de cooptação que leva a um mecanismo de proteção mútua entre os poderes, mantendo os interesses corporativos dos grupos que estão no comando das instituições de governo.
CA – Há anos, muito se critica o comportamento ético de boa parte dos deputados distritais da Câmara Legislativa do DF. No entanto, todos que ali estão são eleitos democraticamente pelos cidadãos. Não há uma contradição nessa questão?
Testa – Aparentemente sim. O processo eleitoral é democrático, mas o sistema político funciona de forma a induzir o eleitor a escolher candidatos que, na maioria das vezes, pertencem a corporações econômicas, militares, policiais, religiosas, sindicais e outras oligarquias, com interesses particulares muito bem definidos. Uma vez eleitos, atuam muito mais como representantes dos interesses dessas corporações do que em defesa da sociedade, do bem comum. A Câmara distrital é um exemplo real desse fenômeno. São poucos os parlamentares que atuam como representantes da população. É uma Câmara corporativista e distanciada profundamente dos interesses e das necessidades da população. A grande contradição está exatamente nesse fato: a população eleje candidatos que irão trabalhar intensamente para viabilizar interesses de grupos privados, além de interesses pessoais. Não há, salvo poucas e notórias exceções, parlamentares distritais que apresentam um desempenho compatível com a dimensão geopolítica do Distrito Federal. Os cidadãos são iludidos por um sistema político eleitoral enganoso, que cobra seu voto, mas não garante o retorno qualitativo dessa escolha.” Entrevista Completa, ::Aqui::

http://nogueirajr.blogspot.com/

Read Full Post »

Sugestões do DSG online para o Vice de José Serra Alagão:

-José Roberto Arruda ( aquele dos panetones)

-César Maia ( o blogueiro sem blog)

-FHC ( o farol de Alexandria)

-Arthur Virgilio (o boto cor de rosa)

-Jarbas Vasconcelos (candidato preferido do Bandepe,antes Banco Real e agora Santander)

-Mendonça Filho (candidato preferido do bandepe,antes banco Real e agora Santander)

Read Full Post »

Read Full Post »

Um importante seguidor deste humilde blog, que também foi bancário por longos 31 anos, conseguiu através de um grupo de amigos e colegas, obter uma reposta do Banco Central a respeito do endereço do Delta Bank, um banco estrangeiro que fazia parte do Grupo do Banco Real (antigo)  atual Santander e que atua pesadamente no Brasil há muitos anos na área de private banking interncional.

Por vários anos trabalhei simultaneamente para o Banco Real,Delta Bank,Banque Real de Cote D´Ivoire S.A,Banco Real Bolívia,Banco Real Chile,Real Bolívia de Seguros,Real Chilena de Seguros,banco Real del Paraguai (este só como membro do Conselho).

Em 1994 me transferiram para trabalhar diretamente em Miami para este Banco americano-brasileiro onde permaneci,contra a minha vontade,por 1 ano e alguns meses. Nesse meio tempo foi feita aquela famosa simulação de rescisão de contrato pelo Banco Real a mando do Delta Bank e que é hoje objeto do processo 01521 20040140600 já com decisão a meu favor por unanimidade do TRT e agora do TST em seu acórdão já disponível para consulta.

O que diz o Banco Central na resposta aos meus ilustres bancários e amigos  leitores do blog?

Diz que  oficialmente não existe no Brasil uma instituição financeira autorizada a operar aqui com o nome de Delta Bank.

Por outro lado o Banco Central não recomenda aos brasileiros operar com Bancos desconhecidos que veículam propaganda em sites,jornais,revistas,etc.

Mas que trem é esse gente?

O Brasil inteiro sabe e estou seguro que o Banco Central também que o Delta Bank atua aqui no Brasil e 95% dos seus clientes são brasileiros, a maioria dos quais conquistados pela rede de Agências do Banco Real (antigo) desde sua fundação no início dos anos 80.

Há vários artigos na imprensa sôbre isso e quem quiser pode pesquisar pelo Google. Este Banco  do Grupo do Banco Real (antigo) foi citado em várias CPIs que investigaram o Banestado, a CBF (aquele famosérrimo empréstimo cuja diferença de juros ninguém sabe ninguém viu prá onde foi), CC5, Opportunity etc.

Mas que estão aqui estão…e continuam operando fortemente aqui…nas barbas do Banco Central… qui comme toujours ne sais rien…rien de rien…

Uai…mas nós precisamos saber uai…

De que forma estão instalados aqui? Como uma empresa prestadora de serviços?Onde?Tem telefone?Seus funcionários daqui são pagos em dólares ou em Reais? Se em Reais são declarados ao fisco? Ao INSS? Ao FGTS?Estão registrados?Como o que?

Saiba mais do Delta Bank em português acesando aqui:www.deltabank.net

O Banco Central poderia ter lido a reportagem da revista Isto é Dinheiro abaixo.

del

O da foto foi meu Presidente.

Vejam abaixo a resposta em vermelho do Banco Central do Brasil:

“Prezado Senhor

Informamos que não existe instituição autorizada a funcionar no Brasil pelo Banco Central do Brasil com o nome Delta Bank.. Acrescente-se que a relação dos representantes de instituições estrangeiras no Brasil pode ser encontrada em nosso site pelo caminho “Sistema Financeiro Nacional > Informações cadastrais e contábeis > Informações cadastrais > Instituições estrangeiras no Brasil “.

Vale ressaltar que recomendamos aos cidadãos que procurem sempre uma instituição financeira autorizada e fiscalizada pelo Banco Central, evitando fazer empréstimos com empresas desconhecidas que veiculam anúncios em jornais, internet ou outros meios de comunicação. Não se deve fazer empréstimos com empresas que condicionam a liberação do dinheiro a depósitos iniciais, oferecendo supostas facilidades e vantagens.

A relação das instituições autorizadas está disponível em nossa página em “Sistema Financeiro Nacional > Informações cadastrais e contábeis > Informações cadastrais”, consultando a opção “Relação de instituições em funcionamento no país (transferência de arquivos)” ou a opção “Cadastro de instituições (endereço, diretores, redes de agência, dados do conglomerado, carteiras, tarifas, etc)“.

Para outras instituições financeiras, solicitamos informar razão social e/ou CNPJ, para que possamos efetuar a pesquisa em nosso cadastro.

Para novos contatos, favor utilizar o formulário do serviço “Fale conosco”  em nosso site. Clique aqui ou copie o seguinte endereço em seu navegador – http://www.bcb.gov.br/?FALECONOSCO

Atenciosamente,

http://www.bcb.gov.br/img/bc_marca.gif
http://www.bcb.gov.br/img/transp.gif
http://www.bcb.gov.br/img/transp.gif Secretaria de Relações Institucionais
http://www.bcb.gov.br/img/transp.gifDivisão de Atendimento ao Publico
http://www.bcb.gov.br/img/transp..gifTel.:0800-9792345

lmqo

Read Full Post »

Enquanto os cidadãos paulistas morrem em bairro alagado com merda da Sabesp, José Serra compra helicóptero

Para driblar alagamentos e engarrafamentos, aeronave será usada para transportar o governador José Serra ,autoridades e técnicos do governador

Governador José Serra não divulga quanto vai gastar, mas especialistas afirmam que o valor da compra pode ultrapassar os R$ 10 milhões
A Secretaria dos Transportes do governo José Serra (PSDB) resolveu driblar os alagamentos com esgoto da Sabesp, os engarrafamentos do trânsito e os obstáculos das rodovias  privatizadas de São Paulo pelo ar- com um helicóptero que será comprado para transportar, José Serra, técnicos e autoridades.
A pasta, responsável por empreendimentos como duplicação de estradas, ampliação da marginal Tietê e trechos do Rodoanel, alega a “necessidade de deslocamentos rápidos”….
Entre as regras para a aquisição do helicóptero “novo de fábrica”, a Secretaria dos Transportes exige que ele tenha capacidade para decolar do Palácio dos Bandeirantes, sede de trabalho do governador  tucano Serra.Comandada por Mauro Arce, a secretaria não divulga quanto estima gastar com a compra.
De acordo com especialistas o valor poderá ultrapassar R$ 10 milhões -sem contar as despesas com a manutenção e os profissionais para a operação da aeronave.
Esse dinheiro supera, por exemplo, os gastos de R$ 8,1 milhões anunciados pelo prefeito Gilberto Kassab (DEM) no ano passado num pacote de nove “obras viárias de grande importância”, com ampliações de plataformas e reformas de paradas, para aumentar em 10% a velocidade média dos ônibus nos corredores.
O edital de licitação lançado pela secretaria pede que a aeronave tenha capacidade para dois pilotos e cinco passageiros. O helicóptero terá autonomia para voar até 600 quilômetros sem reabastecer.
O prazo máximo para a entrega definitiva do helicóptero é de oito meses depois da assinatura do contrato. O pregão para a compra deve ocorrer na semana que vem.
Assentos em couro
Dentre as características exigidas por José Serra para a  aeronave estão “assentos em couro”, “carpete”, “sistema de ar condicionado apropriado para clima tropical”, “iluminação individual nos assentos para leitura” (para o Serra ir escrevendo em seu Twitter, e “compartimento para guarda e conservação de alimentos e bebidas”.
O helicóptero também precisará ter dimensões internas “de modo a evitar interferência física entre pernas dos passageiros sentados frente a frente” e revestimento reforçado para atenuar os ruídos, “de modo que possibilite a comunicação normal entre os passageiros”.
Custo
Três especialistas em tráfego aéreo dizem que uma aeronave com as características da exigida no edital da secretaria custa no mínimo US$ 4 milhões (em torno de R$ 6,8 milhões).
Mas, da mesma forma como ocorre com carros, a previsão de itens opcionais (incluindo ainda piloto automático, capacidade para voo por instrumentos, sistema especial de iluminação) podem elevar os custos para até US$ 6 milhões (R$ 10,2 milhões).
A manutenção de um equipamento do tipo custa, em média, US$ 30 mil (R$ 51 mil). Caso a gestão Serra opte por contratar piloto e co-piloto com valores pagos pela iniciativa privada, só em salários seriam cerca de R$ 45 mil ao mês.

Por: Helena

www.osamigosdopresidentelula.blogspot.com

Read Full Post »

Em sua revista semanal o jornal francês disse que a justiça brasileira é  “preguiçosa”. Foram bonzinhos pois às vezes ela é preguiçosa mas às vezes é muito ágil.

Perguntem ao Daniel Dantas e ao Dr.Roger Abdelmassih que conseguem HC na hora que querem.Eles fazem o pedido exatamente quando sabem quem é o Ministro de plantão.

Já imaginaram se todos os brasileiros tivessem as mesmas facilidades?

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »